16 de agosto

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
23/06/22 às 15h46 - Atualizado em 1/07/22 às 11h50

Pavimentação de via é próximo passo na obra do viaduto do Recanto

COMPARTILHAR

Com investimento de R$ 30,9 milhões provenientes de recursos do Governo do Distrito Federal, a construção gera cerca de 400 empregos; 80 mil motoristas passam diariamente pelo local

Rafael Secunho, da Agência Brasília | Edição: Carolina Lobo

A construção do viaduto do Recanto das Emas/Riacho Fundo II, que vai facilitar a vida de cerca de 80 mil motoristas que passam pela região, segue a ‘passos rápidos’. De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) – responsável pela obra – toda a parte de escavação das trincheiras por onde passarão os veículos foi concluída. Agora, os operários intensificam os trabalhos para finalizar os serviços na pista que passa debaixo do viaduto e segue no sentido Gama.

De acordo com o superintendente do DER, Cristiano Cavalcante, o viaduto chegou esta semana a 80% de execução. “Toda a terraplenagem dessa pista, a execução de sua base, já foi terminada. Nos próximos dias vamos começar a pavimentação que é um passo muito importante”, aponta o engenheiro, lembrando que o trecho a ser asfaltado é parte da rodovia DF-001, que liga a região central de Brasília ao Gama e vice-versa. Ele tem 700 metros de extensão.

De acordo com o superintendente do DER, Cristiano Cavalcante, o viaduto chegou esta semana a 80% de execução | Fotos: Tony Oliveira/Agência Brasília

O objetivo do departamento é liberar essa passagem o quanto antes, para melhorar o fluxo de veículos em toda a região. “Atualmente, o trânsito está desviado para as duas marginais – a do lado do Recanto e a do Riacho Fundo II. Com a conclusão dessa pista, desafoga as marginais. A população já sentirá a diferença”, acredita Cavalcante.

Umpresentepara o Recanto das Emas

Com investimento de R$ 30,9 milhões provenientes de recursos do Governo do Distrito Federal (GDF), a construção do viaduto gera cerca de 400 empregos. Um consórcio de empresas terceirizadas executa a empreitada.

Além de uma passagem segura e com qualidade para a população das duas cidades, o elevado também vai beneficiar moradores do Riacho Fundo, Samambaia, Gama, Santa Maria e municípios do entorno.

Os operários intensificaram os trabalhos para finalizar os serviços na pista que passa debaixo do viaduto

Segundo o administrador do Recanto das Emas, Wanderley de Deus, a expectativa na cidade é grande, visto que os enormes engarrafamentos por ali devem cessar. O antigo balão que existia no local deu lugar ao novo elevado.

“Nossa região administrativa fará aniversário em julho e afirmo que esta obra é um grande presente para a população”, observa. “Muitos moradores que se deslocam para trabalhar no Plano Piloto, por exemplo, gastavam 1h30 no trânsito em média. Com o viaduto, isso tudo vai acabar e melhorar a qualidade vida das pessoas”, aposta.

 

 

Mapa do site Dúvidas frequentes